Ei, você, não buzine! Vamos construir um mapa sonoro mais vibrante e menos caótico em São Paulo.

O barulho do trânsito e a calma moça na R. Pinheiros
O barulho do trânsito e a calma moça na R. Pinheiros
O barulho do trânsito e a calma moça na R. Pinheiros

A revista The Economist acabou de publicar um lindo estudo de pesquisadores ingleses do Bell Lab. Eles criaram um “mapa dos sons” de algumas cidades. Os barulhos são divididos em “caóticos”, “calmos”, “monótonos” ou “vibrantes”. Os caóticos são produzidos por fontes mecânicas – carros, motores. Os vibrantes, por pessoas. A natureza produz os calmos e os monótonos, dependendo do estado de espírito da chuva ou dos pássaros.

Mapa sonoro de Londres. Fonte: The Economist
Mapa sonoro de Londres. Fonte: The Economist

No mapa sonoro de Londres, a predominância parece ser de barulhos caóticos, mas há um bom pedaço calmo – ao longo do rio e nos parques e várias áreas “vibrantes”. Esse é o tipo de barulho que a gente gosta de ouvir quando está caminhando. Extratos de vozes, música ao fundo, movimento e não buzinas, motores, gritos.

E aqui, como seria? Nós somos imbatíveis na produção de barulho. Mas também somos criativos e poderíamos até sugerir avisos e placas de trânsito dirigidos aos nossos fabricantes de decibéis:

Você que está no carro, parado no congestionamento, não buzine! Ao seu lado, tem um homem andando na calçada, que estava pensando em passar na padaria e levar um pãozinho francês para o lanche da noite. Com o susto, ele vai se irritar, esquecer do pão e ainda tomar uma bronca quando chegar em casa.

Você que está dirigindo o ônibus, não fique acelerando enquanto espera o trânsito andar! O barulho e a fumaça vão irritar aquele ciclista que está atrasado para a prova de contabilidade de hoje à noite. Talvez até a sua nota piore por causa disso!

Você que está na moto, levando três pizzas para o delivery, não fique buzinando para abrir caminho!  Na praça ao lado, há dois amigos que conversavam num banco depois de anos sem se verem. Atordoados com pipipi da sua buzina, os dois vão acabar indo embora, irritados e sem terminar a boa conversa.

Você que está numa mesa de bar na calçada, conversando com colegas do trabalho, não fique gritando ou rindo alto até tarde! No segundo andar de um prédio vizinho está uma mãe cansada, que acabou de fazer o bebê dormir. O bebê vai acordar, a mãe vai se desesperar e você e seus amigos nem ficarão sabendo disso, preocupados em pedir mais um chope e contar a piada que vai fazer a moça do RH rir bem alto.

Você que está dirigindo uma Harley Davidson com escapamento aberto… Bem, se você tem uma Harley Davidson com o escapamento aberto, talvez sua intenção seja justamente fazer barulho suficiente para pintar de vermelho o mapa sonoro da cidade…

Veja a matéria do The Economist aqui- http://www.economist.com/news/science-and-technology/21695376-how-map-city-soundscapes-using-social-media-listen-up?frsc=dg%7Ca .

Deixe uma resposta